Uma das opções de pagamento que o empreendedor oferece é o fiado, mas a inadimplência sempre compromete o caixa da empresa. Como você lida com isso? A saúde financeira da empresa é essencial para o capital de giro, compromissos, pró-labore e outras coisas. Não receber no dia marcado atrapalha o fluxo de caixa e pode até fazer com que você vá atrás de um empréstimo para cumprir seus compromissos.

Vou te dar 5 dicas para reverter esse quadro de inadimplência, fazendo com que seu caixa esteja sempre positivo e seus clientes sempre em dia.

1  Cadastre o cliente

Você precisa registrar os dados do seu cliente, como: endereço de casa e trabalho, documentos pessoais, referências, tudo que dê segurança para achá-lo. Se tiver o sistema de consulta aos órgãos de proteção ao crédito, é muito aconselhável checar as informações sobre esse cliente.

É muito comum fazer esse cadastro, porque é uma garantia, se por acaso precisar acionar a justiça. Por isso, busque na internet ou faça você mesma um formulário de cadastro, bem completo e ande com ele, registre tudo.

2 Ofereça outras opções de pagamento

Em cidades pequenas é muito comum o dinheiro ser a única forma de pagamento, mas podemos mudar essa cultura. Os bancos hoje oferecem máquinas de cartão de débito e crédito, além de boletos para seus clientes. O mercado tem como opção as máquinas independentes, como a Sumup, por exemplo, que tem oferecido ótimas taxas.

Busque pagamento a vista, invista naquilo que for agilizar o seu recebimento.

Leia mais

• Saiba mais sobre logística para micro e pequenas empresas

• Controle financeiro: estou fazendo certo?

3 Tenha boas condições de pagamentos

É importante usar a transparência com o nosso cliente. Não deixe ele em dúvidas sobre condições de pagamento, faça o melhor que puder, tanto a prazo como para pagamento na hora. Você já viu no dentista aquele cartãozinho de marcar consultas? Porque seu você não usa um desse para o cliente que compra fiado saber as datas de pagamento?

Escolha junto com o cliente a melhor data para ele, que coincida com o recebimento de salário.

4  Controle se há inadimplência, todos os dias!

Ter um bom controle é essencial para saber o quanto a falta de recebimento vai impactar no nosso fluxo de caixa. Isso é o que vai te dar o start para combater a inadimplência. Faça uma planilha ou use o ContaAzul e saiba tudo o que acontece com a vida financeira da sua empresa.

Tenha sob controle todos os seus prazos.

5  Tenha um sistema de cobrança estruturado

Todas essas dicas são de prevenção à inadimplência, mas vai chegar a hora de cobrar e você precisa estar estruturada. Nesse sistema você precisa estabelecer algumas coisas, como:

  • Qual o máximo de dias que o cliente pode atrasar?
  • Serão aplicados juros e multas sobre o atraso?
  • Como abordar o cliente?
  • Quais as etapas de cobrança eu devo seguir?

Tudo isso vai depender da sua organização e interesse em se relacionar da melhor maneira possível, com o seu cliente inadimplente. Não assuma o risco de ficar sem grana, se faltar capital de giro e dinheiro para pagar as contas no curto prazo, você pode quebrar.

Vamos juntas, me sigam no Facebook e vejam as minhas novidades, sucesso!