O empreendedorismo está cada vez mais consolidado, por isso, as pessoas vão se moldando conforme a sua realidade, e o cooperativismo é um modelo.

O que mais vemos hoje em dia é o modelo tradicional, o empreendedorismo individual, mesmo que com sócios.

O cooperativismo exige uma organização maior, os mesmos interesses, buscando as vantagens de se ter um grupo com os mesmos interesses.

1  O que é cooperativismo?

É um movimento mundial, com uma visão diferente de mercado, que se apoia em atos de colaboração entre os associados, de modo individual e coletivo.

Uma cooperativa é um empreendimento coletivo, uma forma alternativa ao que está proposto no mercado.

Nesse modelo, todos doam e recebem, segundo o Sebrae, a cooperativa é formada por membros do mesmo grupo econômico ou social, em prol de um benefício comum.

O Sebrae ainda traz premissas ideais para uma cooperativa, que são:

• Identidade de propósito e interesses;
• Ação conjunta, voluntária e objetiva para coordenação de contribuição e serviços;
• Obtenção de resultados útil e comum a todos.

Leia mais

• Organize sua empresa para um crescimento estruturado

• Empreendedor precisa fazer networking?

2  Posso me beneficiar do Cooperativismo?

Com certeza, mais pessoas envolvidas na execução de um projeto, são mais cabeças pensando e mais forças para trabalhar.

O cooperativismo pode ser o ponto de partida para o avanço de muitos projetos e produtos, agregando ideias, recursos e mais conhecimento.

O fator principal de um projeto de cooperativismo é a competitividade, a união de pequenas forças que transforma tudo em uma força enorme.

Veja como se beneficiar:

• Maior poder de compras, pela quantidade é possível negociar preços, prazos e vantagens;
• Menores custos e investimentos, já que tudo é compartilhado pro bem comum;
• Pela integração de várias pessoas é possível entregar produtos com qualidade superior;
• Gestão limpa, clara e democrática, beneficiando o compartilhamento de recursos e acesso às novas tecnologias.

3  Como participar de uma cooperativa?

Primeiro passo é estudar tudo sobre cooperativismo. Depois, as opções são a fundação de uma ou aderir a um modelo já existente que tenha os seus interesses.

Pesquise sobre as cooperativas de consumo, elas admitem qualquer pessoa que queira, sem se preocupar com a atividade desenvolvida.

4  Como empreender no cooperativismo?

A finalidade se cooperar é obter benefícios coletivos, que acabam se tornando individuais e melhorar a concorrência e o mercado. O compromisso com a atividade é o mesmo que com sua empresa.

No meio das dificuldades está o de trabalhar em grupo, e entender que o cooperativismo não é sociedade e sim o funcionamento de um bem comum para quem se associou.

Pense sobre isso, busque os direitos e deveres e veja se na sua região não é hora de se promover uma melhoria para os empreendedores, seja a mudança.

Espero todas vocês me curtindo nas redes sociais: Facebook e vendo minhas novidades no Stories do Insta, vá em frente e sucesso!