Quando entramos no mundo do empreendedorismo, precisamos tomar decisões a todo momento, às vezes usamos nosso feeling, tá certo isso?

Feeling é uma palavra em inglês, que significa sentimento, totalmente ligado ao faro empreendedor.

A experiência nos faz aguçar nosso feeling, mas precisamos aplicar isso sobre o nosso conhecimento para nos direcionar.

1 – O feeling não é tudo

Há situações que o sentimento e a empatia por tal coisa nos fazem acertar, mas isso talvez não seja o suficiente para o mundo empresarial.

Ter técnicas, aplicar ferramentas de gestão e aliar isso ao nosso sentimento é fundamental.

Não podemos nos embasar somente naquilo que achamos.

Nossas percepções nos fazem vislumbrar ótimas oportunidades, mas, eu acredito, que é a validação do produto que vai nos fazer evoluir.

Portanto, não use o feeling como base para construção de seu negócio, tenha o seu planejamento e técnicas que te auxiliem.

Leia mais

• Tive uma ideia, vou ter sucesso?

• Saiba transmitir credibilidade e faça sucesso

2 – O feeling no empreendedorismo

O empreendedor nato, tem seu feeling aguçado, enxerga coisas que ninguém vê e se aproveita disso.

Mas esse mesmo empreendedor não toma atitudes sem embasamento, ele usa sua experiência e conhecimento para tomar as decisões corretas.

A sua visão de mercado e a bagagem que carrega é que vão influenciar naquela oportunidade vista.

Não devemos levar em consideração os cases de sucesso que destacam somente o heroísmo do empreendedor, o suporte por trás do seu sucesso é resultado de muito estudo também.

3 – A tomada de decisão

A paixão por empreender e inovar, faz com que nós empreendedores, às vezes, ignoremos alguns fatores para se lançar um produto ou serviço.

Nesse ponto, precisamos nos disciplinar um pouco, sei que é difícil, mas é necessário, para evitar os problemas futuros.

Só a intuição, sem gestão, não deve ser a base para o seu negócio, você deve profissionalizar tudo fizer, isso te faz referência.

O nosso feeling e a vontade de fazer não pode substituir, nem omitir um bom plano de negócios e um planejamento impecável.

Vamos lá, busque as ferramentas certas, as pessoas certas e faça do seu negócio um case de sucesso.

Alinhe sua visão empreendedora com técnicas de gestão e coloque em ação.

Você tem esse feeling aguçado?

Conte pra gente aqui nos comentários e me sigam no Facebook também, tenho sempre novidades e bons temas lá, sucesso!