Planejar é algo que precisa estar na alma do empreendedor desde o primeiro momento e o preço pela falta dele é alto e faz toda a diferença no seu negócio. O que eu vou fazer hoje é te dar algumas dicas para iniciar com mais segurança, sabedoria e preparação para encarar de frente o mercado, te dar um choque de realidade.

1 Capacitação

O primeiro passo é definir que tipo negócio será o seu: porta em porta, loja física, loja virtual, não importa. Você precisa ler tudo sobre aquele assunto, estudar todas as possibilidades, se capacitar para empreender.

O perfil de empreendedor é essencial, mas como vivemos nessa era da internet e do excesso de informações, tudo muda em pouco tempo e estar capacitado para compreender essas variações é muito importante. Então separe algum dinheiro para cursos, que podem ainda render um bom networking pra você. Conheça seu caminho, para que possa planejar, estabelecer metas, procurar parceiros e sócios, validar seu negócio e dar o melhor de si.

Dê preferência em aprender sobre o modelo de negócio Canvas, controlar suas finanças, conhecer seus pontos fortes e fracos e fazer muito networking.

Você conhece o modelo MVP (Mínimo Produto Viável)? Olha esse é um modelo bem atual que é usado por diversas Startups para validar seu negócio ou produto, sem muito gasto e com um bom retorno de informações e financeiro.

O MVP permite que se possa testar um modelo de negócio, produto ou serviço e depois continuar por meio das percepções dos clientes, economizando e tendo mais assertividade em qualquer lançamento. Ele não tem um planejamento totalmente fechado, permite que o projeto seja alterado e encontre o caminho correto.

2  Vá pelo caminho certo

É preciso profissionalizar a gestão do nosso negócio e além de estar capacitado e ter pessoas capacitadas. Então, reúna todas as informações sobre o negócio, organize esses dados que você já tem, procure bancos para compreender como funcionam as linhas de crédito disponíveis e coloque a mão na massa.

Formalize-se de imediato, não perca tempo ficando escondido, a formalização traz diversos benefícios e oportunidades de negócios. Faça um planejamento estratégico, procure auxílio no Sebrae, converse com amigos. Não faça o caminho inverso, que é procurar ajuda depois de tudo pronto.

Leia mais

Como cortar custos na sua empresa

5 negócios pra ter em casa e lucrar

3  Investimento

Se tiver dinheiro guardado, ótimo! Conheço vários casos de empreendedores que usaram o dinheiro emprestado da família, para não pagar juros, diminuir juros e deu super certo, esse é um bom caminho. Fazer orçamento em várias instituições financeiras, como eu já disse antes é primordial. Procure pelas cooperativas, geralmente elas têm as linhas de crédito mais baratas do mercado.

Neste primeiro momento o ideal é que você reinvista tudo que ganha. Se focar em lucratividade a curto prazo, vai perder o foco do negócio e também oportunidades de gerar novos negócios.

Se for o caso, procure um sócio, estabeleça tudo no contrato social e invistam em conjunto, dentro do planejamento.

4  Controle-se

Ter controle e saber de tudo que acontece na sua empresa é o que de melhor você pode fazer. Controle seu tempo, dinheiro, stakeholders e seja fiel ao seu planejamento.

Como, geralmente, começamos com poucos recursos, não se preocupe em contratar funcionários rapidamente. Use serviços de freelancers, para baixar seu custo.

Já disse várias vezes, nada se faz sem planejar e controlar, portanto faça uma gestão profissional e o sucesso chega junto com você!